Você é ou está Corretor de Seguros?

O mercado segurador passa por uma grande transformação, o Brasil, podemos dizer ainda tem pouca cultura do seguro, o brasileiro ainda age como se seguro fosse um gasto, quando na verdade é um investimento.

Investimento no que tange a proteção de seus bens, a proteção de sua vida, na proteção daqueles que nos são importantes.

Pelas análises do mercado, a profissão Corretor de Seguros corre um grande risco de ser extinta a partir de 2020, sendo substituída por inteligência artificial, que, afirma-se terão melhores condições de analisar riscos individuais e coletivos, calcular prêmios e custos de apólices.

Na contramão do que se diz, acredito que isto ainda seja inviável, pois, por mais que tenhamos a inteligência artificial a nosso favor nada substitui o contato humano.

Creio que não será possível a um sistema de inteligência artificial atuar com Empatia, tema que inclusive já foi tratado em outro artigo por mim publicado, saber de fato entender a necessidade de cada cliente, olhar nos olhos do seu cliente e saber se o mesmo está satisfeito e com seus desejos e anseios atendidos.

Costumo dizer que nada substitui o contato humano e por mais avanço que as tecnologias tenham, se faz necessário retomar a força deste contato pois é isto que faz e sempre fará a diferença em qualquer profissional de vendas.

Precisamos pensar em como fazer diferente e para isto a primeira coisa a se idealizar é:

EU SOU ou ESTOU Corretor de Seguros?

O Ser é intrínseco, faz parte de mim e mostra que abracei a profissão com a importância que ela merece o estar é passageiro, vemos muitos profissionais desistindo da carreira de Corretor, muitas vezes por a terem escolhido por uma simples falta de opção, por um processo de sucessão ou até mesmo por verem no seguro uma oportunidade de renda fácil o que dificulta que muitos profissionais prosperem no mercado da forma correta.

Entendo e compreendo que atualmente há uma concorrência no mercado, mas se pensarmos nos números do mercado segurador temos um campo de exploração enorme, o que vemos é muitas vezes o Corretor atua em um único tipo de seguro e aí sim a concorrência pode se tornar um problema e a desanimar a continuidade do profissional no mercado.

É preciso refletir primeiramente sobre o que é ser Corretor de Seguros e qual sua importância na sociedade.

Digo que só há duas profissões que está presente na vida de uma pessoa da hora de seu nascimento, o acompanhando por todas as fases de sua vida, até a hora de sua partida.

A primeira, claro, o médico e a segunda o CORRETOR DE SEGUROS.

O Corretor está presente desde o nascimento da vida de uma pessoa, quer seja através do seguro saúde que o cliente contratou com o Corretor quer seja pela previdência, um seguro de vida que será realizado pelos pais para a proteção financeira de seus filhos.

E o Corretor estará presente nesta jornada, realizando os mais diversos tipos de seguros e serviços para seus clientes, portanto, é preciso ter orgulho de SER Corretor de Seguros.

É preciso lembrar que o diferencial está justamente em primeiramente abraçar a profissão, compreender a importância do seguro na vida de uma pessoa, de uma empresa, segundo definir um propósito e estabelecer metas reais que irão nortear o caminho a ser seguido.

Mas ainda trago outra reflexão: Você Corretor de Seguros, consome aquilo que você vende?

Se a resposta for não, reflita! Como será possível levar ao conhecimento do seu cliente a importância de um determinado tipo de seguro se eu mesmo Corretor muitas vezes não consumo este seguro e também muitas vezes não acredito que no serviço oferecido, ou para achar “caro” ou pensar que não seja necessário em minha vida.

Lembre-se o Ser Corretor é uma das profissões mais ilustres que existem, estar presente no dia a dia do seu cliente, acompanhando seu crescimento, protegendo aquilo que lhe é mais valioso é motivo de orgulho e motivação.

Portanto, SEJA CORRETOR e não ESTEJA CORRETOR!

Conte conosco nesta jornada!

Estamos à disposição para apoiar você Corretor neste caminho.

Grande abraço.

Artigos Relacionados